Cairu: Livro “Trilha Patrimonial dos Caretas e Zambiapungas” é lançado em sessão da Câmara

Em sessão especial da Câmara de Vereadores de Cairu, no Baixo Sul, na tarde desta sexta-feira (6), onde ocorreu a inauguração da TV Câmara, foi lançado para autoridades e imprensa regional, o livro “Trilha Patrimonial dos Caretas e Zambiapungas”, idealizado pelo IDES – Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul, apoiado pelos governos Estadual e Federal, além do IPAC – Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia.

A cerimônia contou com a apresentação ao vivo dos grupos Caretas e Zambiapungas, além do documentário em vídeo, produzido pelo IDES.

Na programação, o mestre de cerimônia, professor Jacy Bartolomeu, relembrou o contexto histórico dos Caretas, de Cairu, bem como dos Zambiapungas, ressaltando a ancestralidade dos dois folguedos, fortemente enraizados nas comunidades de Valença, Taperoá, Nilo Peçanha e Cairu.

Prefeito de Cairu, Hildécio Meireles, autografa livro Trilhas Patrimoniais dos Caretas e Zambiapungas.


A Secretária Municipal da Cultura, Graça Peleteiro, disse que ao ser convidada pelo Prefeito Hildécio, se comprometeu em resgatar a cultura local e colocá-la na escola e, nesse sentido, está caminhando junto com a Secretaria da Educação.

“Os grupos culturais que ainda não apareceram nesse projeto, como a Gamboa, a Chegança dos Moros e a Zambiapunga de Garapuá, nós vamos resgatar e incluir nessa trilha. Agradeço ao IPAC, ao IDES, e a todos os atores envolvidos nesse belíssimo projeto. Assim que possível, vamos sair na madrugada, exaltando nossa cultura com esse toque que não tem quem resista. Vamos continuar nessa caminhada até conseguirmos resgatar toda a nossa cultura”, afirmou, a secretária Graça.

Liliana Leite, Diretora Executiva do IDES, agradeceu as homenagens recebidas e ressaltou que o trabalho foi construído coletivamente com os grupos Caretas e Zambiapungas de Cairu.

Segunda ela, a cultura tem papel fundamental no ativo econômico e social e defendeu a integração do poder público em valorizar a cultura.

“Cairu é um exemplo de patrimônio para o Estado da Bahia. O IDES está aqui disponível para apoiar a cultura local no que estiver ao nosso alcance”, afirmou, Liliana Leite, Diretora Executiva do IDES.


O Prefeito Hildécio Meireles destacou a história cultural e similaridade dos Caretas e Zambiapungas, em todo o Baixo Sul, citando o contexto histórico do descobrimento do Brasil, sobretudo do protagonismo de Cairu nesse processo.

“Nosso intuito é resgatar nosso patrimônio histórico e cultural, nossas tradições, para torná-los um potencial produto para o mercado turístico”, disse.

Ao defender investimentos para o setor turístico e cultural, Hildécio, declarou que gostaria de contar com o IDES nesse processo e convidou a diretora Liliana Leite para formalizar uma parceria entre a prefeitura e o instituto no sentido de se desenvolver um trabalho que possa fomentar a cultura cairuense.

Grupo Zambiapunga, patrimônio imaterial do Baixo Sul da Bahia.


Da Redação | Fotos: Murilo Araújo.

novocardestúdio.jpg
CARROFEED.jpg
cairu007.jpeg
pilates1 (3).png
vostokfeed.jpg
cardsimple1.jpg