Barra Grande: Homem invade estabelecimento e agride gerente com golpes de facão

Um homem invadiu um estabelecimento comercial e agrediu uma mulher com golpes de facão, no distrito de Barra Grande, na Península de Maraú. O crime ocorreu por volta das 22h desta segunda-feira (1). Segundo informações da vítima, Rebeca Miranda, que é gerente de um restaurante de sushi, o agressor, identificado como Gustavo Lucena Barbosa Ofugi, foi até o estabelecimento procurando por um funcionário para agredi-lo. Alterado e aos gritos, o homem passou a desferir golpes de facão na gerente, após ter sido convidado a se retirar do local.

Rebeca disse que ficou acuada atrás do balcão da recepção, sem saída e gritando por socorro. O filho do agressor apareceu no local e conseguiu tirar o pai do restaurante.

De acordo com a Polícia Militar, o acusado estava aparentemente embriagado e foi conduzido à delegacia. A vítima prestou queixa na delegacia de Polícia Civil, em Barra Grande e fez exame de corpo de delito no Posto de Saúde do distrito. Os motivos que levaram o homem a procurar o rapaz no restaurante e a agredir a gerente, estão sendo investigados.

Segundo a delegada que apura o caso, Andréa Oliveira, o contexto da agressão não se encaixa na Lei Maria Da Penha, porque a vítima não tem coabitação e nem vínculo com o agressor, e por isso, não houve prisão em flagrante. O crime foi de lesão corporal e ameaça a uma mulher em seu trabalho. “Todo o procedimento neste caso foi realizado dentro do que prevê a lei. Eu, como guardiã da lei, não posso ir além. Não fui eu que fiz as leis, apenas as cumpro e com rigor. Não posso mantê-lo preso, porque se assim fizer, quem será presa, sou, como determina a lei de abuso de autoridade”, disse a delegada.

O fato gerou revolta na população que está convocando as mulheres de Barra Grande para uma manifestação às 16h30 na praça das Mangueiras, no centro do distrito.

Fonte: Barra Grande 24h.

novocardestúdio.jpg
CARROFEED.jpg
cairu007.jpeg
pilates1 (3).png
vostokfeed.jpg
cardsimple1.jpg