Bahia alcança 93,3% do rebanho vacinado contra febre aftosa

Mais de 10,6 milhões de animais foram vacinados nesta 1º etapa de vacinação contra a febre aftosa na Bahia, encerrada no último dia 1º. Isso representa 93,36% do total de bovinos e bubalinos do estado. Os dados são da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), que alcançou esse índice mesmo diante de fatores adversos como o agravamento da pandemia, a falta de vacinas contra a febre aftosa em 14 estados do país, incluindo a Bahia, e, como consequência, duas prorrogações de prazo para a vacinação nos 417 municípios baianos nesta etapa.

Para o secretário da Agricultura do Estado, João Carlos Oliveira, momentos difíceis exigem planejamento e criatividade. “Produtores, técnicos e profissionais da Adab tiveram que reinventar formas de abordagem para o êxito das ações. Em uma situação atípica como a que estamos vivendo, a resposta foi muito boa, superamos os desafios e mostramos o elevado nível de nossos profissionais e a eficácia de toda a estrutura que a Bahia dedica à defesa agropecuária”, avaliou.

A Bahia já possui o status de Livre da Aftosa Febre Aftosa com Vacinação, atestado pela Organização Internacional de Epizootias (OIE), há 21 anos e a meta é ultrapassar essa classificação. O diretor lembrou ainda que o esforço tem o objetivo maior de alcançar o status de Zona Livre de Aftosa Sem Vacinação até 2023.

A Bahia sempre imunizou o rebanho acima de 90%, conforme determinação preconizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mampa), um dos parceiros da Adab nas ações de defesa agropecuária. Durante o período da vacinação, as equipes da Adab avaliaram rotineiramente o desenvolvimento do cronograma de atividades, realizando os ajustes necessários em cada um dos 27 territórios.

A vacinação contra a febre aftosa na Bahia foi iniciada no dia 1º de maio e teve um calendário diferente com duas prorrogações, sendo a primeira até 30 de junho e a segunda até 16 de julho. O prazo final para a compra e a declaração de vacinação dos animais ficou estabelecido em 1º de agosto, em qualquer um dos 384 escritórios da Adab. Desde o dia 2 de agosto, o produtor só pode comprar vacina e imunizar seu rebanho mediante autorização da agência.

Fonte: Ascom/Adab / Foto: Mateus Pereira/GOVBA

novocardestúdio.jpg
CARROFEED.jpg
cairu007.jpeg
pilates1 (3).png
vostokfeed.jpg
cardsimple1.jpg