top of page

ATER Mulheres Rurais leva empoderamento feminino a agricultoras na Bahia

“São muitas as experiências exitosas que o ATER Mulheres Rurais nos traz. Mais de cinco mil famílias chefiadas por mulheres estão prosperando com todo o fomento, o intercâmbio que o Governo do Estado tem promovido entre elas e as formações, que vão de orientações técnicas a palestras sobre violência doméstica, com profissionais da área, e empoderamento feminino. A Bahia está transformando a sua ruralidade”, destaca o titular da Bahiater, Lanns Almeida.

Quando uma mulher se torna autônoma, toda uma comunidade se beneficia. Ela se torna referência para sua família, inspirando outras mulheres a seguirem o mesmo caminho. Sabendo que o desenvolvimento rural vai muito além de investimentos nas propriedades, o Governo do Estado tem como ação prioritária o empoderamento feminino nas comunidades rurais da Bahia.


Autogestão, diversificação produtiva, associativismo, novos conhecimentos e o fortalecimento da autoestima são alguns exemplos das políticas proporcionadas pelo ATER Mulheres Rurais, Edital 02/2018 da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). Com investimento superior a R$ 25,5 milhões, a política pública do Governo do Estado está em fase de conclusão da execução de contratos com entidades de ATER.


O montante foi aplicado para a melhoria na qualidade de vida de 5,4 mil agricultoras familiares, em onze Territórios de Identidade: Médio Rio das Contas, Baixo Sul, Chapada Diamantina, Piemonte do Paraguaçu, Sisal, Semiárido Nordeste II, Sertão Produtivo, Metropolitano de Salvador, Velho Chico, Recôncavo e Portal do Sertão. São mulheres rurais organizadas em grupos produtivos, visando o fortalecimento da produção e do seu protagonismo, bem como a consolidação de processos de promoção da agroecologia, considerando as diretrizes da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO).

“São muitas as experiências exitosas que o ATER Mulheres Rurais nos traz. Mais de cinco mil famílias chefiadas por mulheres estão prosperando com todo o fomento, o intercâmbio que o Governo do Estado tem promovido entre elas e as formações, que vão de orientações técnicas a palestras sobre violência doméstica, com profissionais da área, e empoderamento feminino. A Bahia está transformando a sua ruralidade”, destaca o titular da Bahiater, Lanns Almeida.


Seminário estadual


Entre os dias 9 e 11 de agosto, a Bahiater realizará, em Feira de Santana, Portal do Sertão, o Seminário Estadual de Avaliação Final de Contratos de ATER. Na oportunidade, serão avaliados os resultados do edital ATER Mulheres Rurais, além do ATER Agroecologia, que, juntos, representam investimentos de cerca de R$ 57 milhões pelo governo do estado.


Na ocasião, serão compartilhadas as experiências das comunidades beneficiárias e identificados os principais avanços e resultados ao longo dos três anos de trabalho da ATER, com base em indicadores de monitoramento identificados previamente nas atividades de planejamento. O seminário, que é organizado pela Diretoria de Inovação e Sustentabilidade (DIS) e pela Diretoria de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater), também apontará as demandas do público atendido para a continuidade das ações de ATER.


Fonte: SDR

bottom of page