Agronegócio baiano cresce 5,4% em 2021.

A série histórica mostra que a participação do agronegócio na economia baiana vem se elevando ao longo dos anos

O PIB do agronegócio baiano, calculado e divulgado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), registrou crescimento de 5,4% em 2021, totalizando R$ 94,2 bilhões ou 27,1% da atividade econômica baiana; nessa mesma comparação, o conjunto da economia baiana apontou crescimento de 4,1%. A série histórica mostra que a participação do agronegócio na economia baiana vem se elevando ao longo dos anos e, na comparação com 2020, apresentou a maior elevação, saindo de 23,6% para os atuais 27,1%.


“O conceito de agronegócio abrange desde os fornecedores de insumo da agropecuária, passando pela fazenda - sendo este o grande destaque com crescimento de 8,3% no ano - pela agroindústria e chegando ao comércio e transporte de alimentos. A ampliação da participação do agronegócio para 27% do PIB baiano revela o sucesso de toda cadeia e das políticas voltadas ao setor, visto que correspondia a 20% em 2016”, comenta Armando Castro, diretor-geral da SEI.

No quarto trimestre de 2021, na comparação com o quarto trimestre de 2020, foi registrada estabilidade (+0,03%). Em valores correntes, o PIB do agronegócio totalizou R$ 20,2 bilhões no quarto trimestre, equivalendo a 23,9% da atividade econômica baiana. Dentre os componentes (agregados) do agronegócio, a maior contribuição foi observada nos segmentos de distribuição e consumo final (agregado IV) respondendo por 63,1% da atividade do agronegócio. Tradicionalmente o agronegócio baiano tem melhor desempenho do seguimento de demanda final no 4º trimestre em função de se ter poucas culturas com colheitas realizadas nesse período, o que impacta diretamente nos agregados I e II (insumos e agropecuária).


"A agropecuária da Bahia só cresce e seus números trazem recordes seguidos. Chegar a 27,1% de toda a atividade do estado, em um ano tão difícil para a economia como foi 2021, é uma vitória gigante. Os números mostram o quanto o setor é importante, confirmando sua evolução. Parabenizo a todas e todos que trabalham no campo, verdadeiros responsáveis por esse momento tão especial por que passa o agronegócio da Bahia", destaca o secretário de Agricultura da Bahia, João Carlos Oliveira.


Fonte: Seagri

novocardestúdio.jpg
cairu007.jpeg
pilates1 (3).png
cardsimple1.jpg