Acidentes matam 78 pessoas nas estradas no feriado prolongado

Segundo a pesquisa, os 779 acidentes anotados em 2021 representam queda de 12% na comparação com os 889 acidentes do mesmo período em 2019. Se o recorte abranger os acidentes, a queda é de 9% (210 acidentes, ante os 232 de 2019). O total de feridos ficou em 888, número 18% menor que os 1.077 de 2019.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizou 78 mortes nas rodovias federais entre os dias 12 e 15 de novembro, segundo balanço da Operação Proclamação da República 2021, divulgado hoje (16), em Brasília. Por se tratar de feriado prolongado, que inclui um fim de semana, a comparação do resultado tem por base o mesmo feriado de 2019, quando houve 80 mortes.


Os 8.455 policiais que atuaram nos serviços operacionais em todo o país fiscalizaram 142.152 veículos e 141.310 motoristas.


Dos 15.245 testes feitos com bafômetros, 93 resultaram em prisão, em meio a 920 autuações por alcoolemia. “A cada 16 testes feitos em condutores, um resultou em flagrante por condução sob efeito de álcool; e a cada nove condutores flagrados, um foi preso”, informou a Coordenação de Policiamento de Trânsito da PRF.


Cinto de segurança


Ao todo, foram feitas 41.528 autuações, sendo 5.270 por ultrapassagens em faixa contínua; 2.105 de condutores sem cinto de segurança; e 2.005 de passageiros sem cinto de segurança.


Ainda segundo o balanço, foram apreendidas 2,46 toneladas de maconha nas rodovias federais. Em 2019, o total recolhido somou 3,36 toneladas. Assim, houve uma queda de 27% nesse tipo de ocorrência. Foram apreendidos, também, 24,29 quilos de cocaína (em 2019, 182,7 quilos).


Segundo a PRF, o total de armas recolhidas foi 37% maior em 2021 (26 armas), na comparação com 2019 (19 armas). Ao todo, 482 pessoas foram detidas durante a operação; e a PRF recuperou 99 veículos.


da Istoé.

novocardestúdio.jpg
CARROFEED.jpg
cairu007.jpeg
pilates1 (3).png
vostokfeed.jpg
cardsimple1.jpg