top of page

15ª Olimpíada Brasileira de Matemática premia 14 estudantes baianos com medalha de ouro

Na rede estadual de ensino, a SEC desenvolve o Bahia Olímpica, que tem como objetivo potencializar a participação de estudantes e professores nas olimpíadas nacionais e estaduais, em diversas áreas do conhecimento.

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) participou da cerimônia nacional de premiação da 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), que aconteceu nesta segunda-feira (7), no Hotel Fiesta, em Salvador, e premiou 579 estudantes brasileiros com medalha de ouro, sendo que 14 são baianos.


O prêmio é referente ao torneio de 2019, mas que não tinha sido comemorado ainda por causa da pandemia do Coronavírus. Considerada a maior olimpíada de Matemática do mundo dedicada a escolas públicas e, a partir de 2017, a instituições privadas também, a OBMEP é uma realização do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com o apoio da Sociedades Brasileira de Matemática (SBM).

Medalhista de ouro desta edição da OBMEP, o baiano Raian Souza Almeida, 16, do distrito de Aroeira, no município de Mairi, próximo à Feira de Santana, fala da conquista com orgulho. "É uma premiação muito importante. Estou muito feliz e fiquei orgulhoso de mim por esta vitória. Em 2018, tinha sido bronze e, quando recebi a notícia de que, nesta 15ª edição, tinha sido ouro, foi um momento de uma emoção indescritível. Sempre gostei de raciocínio lógico e a Olimpíada de Matemática foi uma oportunidade de me esforçar ainda mais nos estudos. O resultado é gratificante”, relatou o estudante, acompanhado do professor de Matemática Tennyson Correia.

Na rede estadual de ensino, a SEC desenvolve o Bahia Olímpica, que tem como objetivo potencializar a participação de estudantes e professores nas olimpíadas nacionais e estaduais, em diversas áreas do conhecimento. Entre os anos de 2019 e 2021, o programa registrou 1.510.591 inscrições nas mais de dez olimpíadas científicas realizadas, com a conquista de 2.750 medalhas por alunos baianos. Atualmente, o Estado da Bahia está mobilizada em 30 olimpíadas, das quais participam mais de 1,2 milhão de estudantes baianos da rede pública.

O secretário Danilo de Souza destacou que a participação dos estudantes nas olimpíadas possibilita crescimento intelectual e desenvolvimento de outras competências. "A Bahia se sente honrada em receber estudantes premiados de várias partes do país, levando em conta o importante papel das nossas escolas e universidades, bem como das instituições do ensino privado, de incentivar a participação da juventude nesses desafios olímpicos. O Governo da Bahia, nos últimos oito anos, tem se comprometido com investimentos voltados à Educação Integral, justamente para que nossos estudantes possam melhor desenvolver seus talentos em todas as áreas do conhecimento, com prevalência do protagonismo estudantil”.

Sobre a 15ª OBMEP – Entre os mais de 18 milhões de jovens brasileiros que participaram da 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, 579 tiveram um desempenho espetacular e conquistaram medalha de ouro. A solenidade premiou os melhores colocados entre todos os participantes da olimpíada, que teve mais de 54 mil escolas inscritas, das quais 49 mil foram instituições públicas. Além das medalhas de ouro, a 15ª OBMEP já distribuiu 1.746 medalhas de prata, 5.183 medalhas de bronze e 48.163 menções honrosas.

“A cerimônia de premiação é uma oportunidade de coroarmos o esforço, a dedicação e o talento de centenas de alunos premiados com medalhas de ouro na OBMEP. É um momento de muita emoção e alegria para os estudantes e seus familiares”, destacou o diretor-adjunto do IMPA e coordenador-geral da OBMEP, Claudio Landim. Destinada a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, a OBMEP visa estimular o estudo da Matemática; identificar jovens talentos da disciplina; e promover a inclusão social por meio da difusão do conhecimento, de acordo com o coordenador.


Fonte: SEC

bottom of page